sexta-feira, 15 de julho de 2011

Que tenho eu, Senhor Jesus, que não me tenhais dado?…
Que sei eu que Vós não me tenhais ensinado?…
Que valho eu se não estou ao vosso lado?
Que mereço eu, se a Vós não estou unido?…
Perdoai-me os erros que contra Vós tenho cometido. Pois me criastes sem que o merecesse…
E me redimistes sem que Vo-lo pedisse…
Muito fizestes ao me criar, muito em me redimir, e não sereis menos generoso em perdoar-me. Pois o muito sangue que derramastes e a acerba morte que padecestes não foram pelos anjos que Vos louvam, senão por mim e demais pecadores que Vos ofendem…
Se Vos tenho negado, deixai-me reconhecer-Vos; Se Vos tenho injuriado, deixai-me louvar-Vos; Se Vos tenho ofendido, deixai-me servir-Vos. Porque é mais morte que vida, a que não empregada em vosso santo serviço… - Padre Mateo Crawley-Boevey

[em: fratresinunum.com

Nenhum comentário: