sexta-feira, 11 de março de 2011

PERGUNTAS AOS CATÓLICOS

Muitas vezes (muitas mesmo!), deparo-me com algumas pessoas que me perguntam sobre minha Fé e, na maioria das vezes, as perguntas são retóricas, só que não são minhas as respostas, antecipam-se com suas "respostas" óbvias, seguidas de acusações do tipo: idólatra, blasfemo, perdido, babilônico...
Estes argumentadores comumente são apressados no falar e péssimos para ouvir. E os que assim procedem comigo, distrato imediatamente. Não lido com imbecis falastrões sobre qualquer tema, ainda que sobre religião. Sou péssimo com os "metidos a sabido".
Insistem em vir com o Livro aberto com versículos decorados para atacar, iludir e seduzir - não a mim, que já sei ler e leio a Palavra de Deus.
Tenho me dedicado à Leitura da Palavra e às raízes dos textos que leio. Talvez, por isso, sou duro quando me vêm com joguinhos de versículos.
Queria eu entender se os que se dizem evangélicos (os que leem além do que os "pastores" vomitam em seus berreiros) também buscam a Verdade além do vômito de letrinhas.
Penso que seria útil um curso intensivo sobre SER CRISTÃO CATÓLICO.
A maioria das "verdades reveladas" pelos insistentes protestantes são contra pessoas que conheceram, não sobre a Igreja. E os "erros" que dizem haver na Doutrina Católica comumente são frutos de ignorância, ódio ou medo de ascenar com a Igreja; daí tanta discordância.
Caríssimos, volto a escrever, se tudo o que temos que fazer é ler a Bíblia e seguir como um "manual-cabresto" em que Deus se alegra em nos guiar como a marionetes (isso mesmo, marionetes!), Jesus teria fingido Sua morte, pois seria um teatrinho de fantoches ou ventríloco.
Concordo com Dom Henrique que sempre dizia, quando reitor do Livramento, que a maioria dos protestantes o são por nossa culpa - de nós católicos - pela falta de testemunho, falta de coerência. Acrescento: a falta de interesse de alguns pastores católicos e catequistas que se limitam a jogar as palavras do Evangelho sem a preocupação de eficácia na semeadura. Somados a estes, os que ensinam a Doutrina Católica sem saberem o que é  - nem como ensiná-la de fato.
Agora, os de fora disso, são ora os piedosos que se achegam aos demais protestantes, ora os que são filhos da perdição que seduzem para a separação da Igreja de Cristo.

Bem, agora vou falar sobre Maria. Quero fazer uma breve esplanação sobre o que nós, católicos, temos a favor do que dizemos e atribuímos a Ela.

Mariolatria? Vejamos:
+ Dizemos que Maria foi assunta ao Céu por anjos.
- Alguém viu?
- Tá na Bíblia?
* Respondo (com os viciados em crer somente no objetivo, no legível):
Acreditamos no que a Bíblia diz sobre Elias - "Continuando o seu caminho, entretidos a conversar, eis que de repente um carro de fogo com cavalos de fogo os separou um do outro, e Elias subiu ao céu num turbilhão". (2Rs 2,11) 
Ora, se Deus fez isso a Elias, um dentre tantos profetas, não poderia Deus fazer isso à Maria?
O que disse Davi em seu Salmo - "Fostes vós que plasmastes as entranhas de meu corpo, vós me tecestes no seio de minha mãe". (Sl 138,13)
Se Davi foi plasmado no seio de sua mãe pelas mãos de Deus, a Mãe de Seu Filho, seria uma qualquer?
E Deus fez a Isaías - "Ilhas, ouvi-me; povos de longe, prestai atenção! O Senhor chamou-me desde meu nascimento; ainda no seio de minha mãe, ele pronunciou meu nome". (Is 49,1)
Para ser profeta ele chamou Isaías no ventre; para ser a Mãe de Deus, você acha que Deus estava procurando alguma mulher? Você acha que Deus escolheu Maria no dia em que o anjo anunciou? Se Jesus é desde o Princípio e estava para vir desde o pecado dos primeiros, Ele deixou para escolher Sua Mãe naquele dia?... se você pensa assim... fazer o quê?
Agora, para Jeremias - "Antes que no seio fosses formado, eu já te conhecia; antes de teu nascimento, eu já te havia consagrado, e te havia designado profeta das nações". (Jr 1,5)
 Agora é mais profundo: "Antes" - entende? "Antes" de ser formado, Deus já conhecia. Repito: "Antes!" Mas se você insiste em achar que Maria foi escolhida ao acaso, naquele dia, é um pobre leitor e vomitador dos versículos que alguns filhos da separação colocaram no seu ventre.

Voltemos à assunção de Maria. 
Acreditamos que Elias foi levado por uma "carruagem de fogo com cavalos de fogo", dito apenas por Eliseu, única testemunha.
Mas não querem acreditar que, no início da Igreja, foram os discípulos próximos à Maria que disseram de Sua assunção: que o corpo dEla, falecido, sumira e que fora levado ao Céu, porque seu Filho não deixaria Sua Mãe aqui. Quem não acredita nisso, mas acredita num "carro de fogo com cavalos de fogo" tem Fé somente no Antigo Testamento e vive "meio-Evangelho". Podem até dizer: - Ah, mas não está na Bíblia!... Respondo:
"Jesus fez ainda muitas outras coisas. Se fossem escritas uma por uma, penso que nem o mundo inteiro poderia conter os livros que se deveriam escrever." (Jo 21,25) 
E aí, tá tudo na Bíblia?
"Assim, pois, irmãos, ficai firmes e conservai os ensinamentos que de nós aprendestes, seja por palavras, seja por carta nossa". (2Ts 2,15)

Agora, há os que dizem que o que cremos - nós, os católicos - não vem desde o início da Igreja e que foram os papas "X" ou "Y" que disseram. Mas esses protestantes acreditam nas seitas que surgiram agora nos anos de 1800 pra cá, por pastoras e pastores "iluminados" 1800 anos depois da Revelação...

Saibam, tudo que falamos por Maria é para honra e glória de Jesus, Seu Salvador e Filho.

Caríssimos, se tiverem dúvidas sobre o SER CRISTÃO CATÓLICO, pode deixar sua pergunta, que terei o maior prazer em explicar. Não pensem que a Fé de seus pais, avós foi o absurdo que dizem "os sabidos" pastores de hoje em dia.
Eu acredito que há desejo sincero de conversão de busca de Cristo Jesus por parte de alguns protestantes, na maioria das vezes porque não O viram na Igreja Católica. Não é que a Igreja O escondeu ou não O revelou, é que "Ora, quem se alimenta de leite não é capaz de compreender uma doutrina profunda, porque é ainda criança". (Hb 5,13)
O Culto Católico - a Santa Missa - é profundo, muito profundo.

Estou à disposição.

+ + +
Eudes Inacio, sJpVM
servo de Jesus pela Virgem Maria

Nenhum comentário: