quinta-feira, 31 de março de 2011

CASAMENTO GAY e KIT GAY

O Deputado JAIR BOLSONARO, em seu discurso no vídeo abaixo, cita o Deputado GIVALDO CARIMBÃO, leiamos: 

"Sr. Presidente, meus companheiros, quero tratar de um assunto que, no meu entender, em 20 anos de Congresso Nacional, é o maior escândalo de que já tomei conhecimento. Não tem nada a ver com corrupção. Afinal de contas, esse é um tema corriqueiro neste Governo.

Na semana passada, Givaldo Carimbão, reunida na Comissão de Direitos Humanos e Minorias em conjunto com a Comissão de Educação, com a presença do Sr. André Lázaro, Secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, esteve uma platéia composta de gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros. (...)"
 
Eis o porquê de citar Carimbão:
 Esse texto abaixo está num blog 
a favor dos gays (e não vou citar, portanto)
para que eles não apoiem.
 
 MAS EU APOIO E CONCORDO COM GIVALDO
GIVALDO CARIMBÃO (PSB AL): "Ao chegar à Câmara dos Deputados e ler a Ordem do Dia, constatei que está em pauta, para ser discutido e votado, o velho e tão discutido projeto que dispõe sobre a união de homossexuais. De antemão, digo que sou absolutamente contra, porque não é justo e entendo perfeitamente, sem nenhum sofisma que existam homens que entendem de viver com homens, e mulheres que entendem de viver com mulheres. Em hipótese alguma podemos concordar com a abertura de uma situação que existe no popular: o casamento homossexual. Entendo tratar-se de abertura perigosa. Não podemos começar a oficializar esse tipo de comportamento, já existente na sociedade, pois a família é o lastro da sociedade. Casei-me com dezessete anos. Portanto, estou casado há 25 anos e muito bem casado, Graças a Deus. Não posso aceitar isso. Como cristão e como homem, entendo que (...) Deus trouxe ao mundo o homem, Adão, e Eva, a mulher, tirada de sua costela, exatamente para darem início à primeira família da Terra. Não é possível convivermos com alguém que quer destruir a família. Imaginem dois seres do mesmo sexo morando juntos dois homens , e, de repente, uma criança é criada no meio de duas pessoas desse nível, dizendo: 'são meus pais' ou 'são minhas mães'. Não consigo, como cristão, como homem que tem um compromisso com a vida, aceitar esse tipo de comportamento."
ESTOU COM CARIMBÃO!

Nenhum comentário: