sábado, 19 de fevereiro de 2011

O MOVIMENTO NEO-PENTECOSTAL

Caros leitores,

Sobre o Pentecostes e o Espírito Santo.

Acaso o Espírito Santo muda de opinião? Acaso pode Deus mudar? Se Ele é Fiel e Sua Palavra não retorna sem fazer o efeito necessário, como pode haver "neo-pentecostal" ou um "novo pentecostes"? Pode?

Não creio.

Nesse deus que muda, não creio.

Em que creio? Creio que o Espírito sempre disse a mesma Palavra, mas nós não A ouvimos perfeitamente e quando A escutmaos, não quisemos fazer como Ele disse, mas como nós quisemos.

Será que Deus mandou no Antigo Testamento a matar, ou foi o coração de quem ouviu Sua Voz que assim deduziu? Por exemplo, quando Deus falou para eliminar os contrários do meio do povo, mataram a todos. Hoje, sob a Luz de Cristo, não entendemos, nem aceitamos, eliminar como sinônimo de matar.

Para o homem que vivia no deserto, há mais de 3.000 anos, a noção de erradicar problemas devia sempre passar pelo crivo de sua pujança, ignorância ou agressividade. Assim mesmo, hoje, como tratamos, mais de 3.000 anos depois de Abraão, o Deus que pediu a ele seu filho Isaac em oblação, com relatividade o trato com o Criador.

A Sabedoria de Deus, Sua Palavra é Cristo, que existe antes de todos os séculos. Por isso, não poderia a Palavra ser outra, ou nova, senão A sempre existente e sempre incômoda Verdade (Jesus).

O que temos hoje de novo, sempre esteve no coração de Deus. Movimentos, pastorais, grupos,... tudo emanou e amana do Espírito, do Amor do Pai a Seu Filho Jesus, para Seu Corpo, a Igreja. E digo mais, tudo o que suscitou é para a Igreja de Cristo e para Ela, porque Ela é que é a Esposa. O Esposo, Jesus, não trai.

Não temo os arroubos e gritos nas praças, nas casinhas e armazéns pintados de azul com nome de assembleia. Há ainda muitos que ainda não estão dentro do redil do Cristo Pastor. Há muitos que ainda não sabem o que fazem. Há muitos com os ouvidos obstruídos pela carência, pela ignorância ou por nossa fraca catequese que ainda não ouviram o Cristo, mas apenas ruídos. Há ainda os gananciosos, maliciosos e filhos da perdição; quanto a estes, terão o que merecem.

Pois bem, estes "novos projetos" pencostais não o são. Pentecostes só houve um, e permanece, na Igreja e para a Igreja, que é a Esposa. Claro que o Espírito sopra onde quer, mas só a Esposa reconhece o som do Amado.

Em nosso mundo cheio de ruídos, de gritos tipo "glóoooria a Deus", "aleluuuuuia" e "orações na língua dos anjos", somente o ouvido aguçado de quem ama (a Esposa) reconhece o Esposo:

- Oh, esta é a voz do meu amado! Ei-lo que aí vem, saltando sobre os montes, pulando sobre as colinas.
Meu amado é como a gazela e como um cervozinho. Ei-lo atrás de nossa parede. Olho pela janela, espreito pelas grades.
Meu bem-amado disse-me: Levanta-te, minha amiga, vem, formosa minha.
Eis que o inverno passou, cessaram e desapareceram as chuvas.
Apareceram as flores na nossa terra, voltou o tempo das canções. Em nossas terras já se ouve a voz da rola.
A figueira já começa a dar os seus figos, e a vinha em flor exala o seu perfume; levanta-te, minha amada, formosa minha, e vem.
Minha pomba, oculta nas fendas do rochedo, e nos abrigos das rochas escarpadas, mostra-me o teu rosto, faze-me ouvir a tua voz. Tua voz é tão doce, e delicado teu rosto! (Ct 2,8-14)



Ouça esta canção (clique para baixar): FORMOSA E BELA

Na noite escura eu buscoa quem minha alma ama. 
No meu jardim tão árido fez sua morada. 
Com pétalas de rosas cobriu minha cabeça, 
minha alma é toda bela, meu bem amado espera. 
 
VEM, FORMOSA E BELA. VEM, AO MEU JARDIM. 
O INVERNO JÁ PASSOU, E AS VINHAS EM FLOR 
EXALAM SEU PERFUME. VEM, AO MEU JARDIM. 

Meu bem amado espero passou pelos ordeiros. 
Os frutos floresceram, minha alma é toda sua. 
Por ele eu espero, a porta há de se abrir. 
Os pássaros cantando, minha alma e toda bela.

Agradecimento à fonte: www.divinoespiritosanto.org

Espero ter ajudado.

Objeções, críticas e acréscimos, fiquem à vontade.

 + + +

Eudes Inacio, sJpVM
servo de Jesus pela Virgem Maria

Nenhum comentário: