quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A REALIDADE QUE VIVEMOS

Caros irmãos e irmãs,

Visitando o site católico Zenit (http://www.zenit.org/index.php?l=portuguese), li um texto sobre Chesterton. Aí procurei o site de sua associação.

Eis o trecho que achei interessante deste homem que falava em seu texto "Por que sou um católico" em 1926.

"Por exemplo, devemos ter um acordo final, que só na truísmo da fraternidade humana, que vai resistir a alguma reação da brutalidade humana. Nada é mais provável agora do que a corrupção do governo representativo vai levar à quebra rico solta completamente, e atropelando todas as tradições de igualdade com o mero orgulho pagão. Devemos ter o truísmo em parte reconhecido como verdadeiro. Devemos evitar mera reação ea repetição sombria dos erros antigos."

(Chesterton, G. K. Why Am I a Catholic.
Twelve Modern Apostles and Their Creeds

(1926){tradução do Google})


[Site: http://www.chesterton.org/gkc/theologian/whycatholic.htm]

Nenhum comentário: