segunda-feira, 5 de julho de 2010

CULTURA CONSUMISTA E OS JOVENS

Fonte: http://www.zenit.org/article-25405?l=portuguese

Cultura consumista ameaça os jovens, adverte o Papa

Encontro na catedral de Sulmona

SULMONA, ITÁLIA, domingo, 4 de julho de 2010 (ZENIT.org) – Entre as sombras que “obscurecem o horizonte” dos jovens não há apenas dificuldades de ordem econômica, mas também a ameaça da “cultura consumista” que cria “falsos valores”, adverte Bento XVI.

O Papa se reuniu nesta tarde de domingo com um grupo de jovens na catedral de Sulmona, ao final de sua visita apostólica à cidade da região de Abruzos.

Em suas palavras, baseadas nas experiências relatadas pelos jovens presentes, o Pontífice constatou que “sombras obscurecem vosso horizonte: são problemas concretos, que tornam difícil olhar para o futuro com serenidade e otimismo”.

“Há falsos valores e modelos ilusórios (...), que prometem preencher a vida, quando na verdade a esvaziam”, prosseguiu.

Conforme explicou o Papa, “a cultura consumista atual” tende a “a esmagar o homem no presente, fazendo-o perder o senso do passado, da história; mas, ao fazer isso, priva-o também da capacidade de compreender a si próprio, de perceber os problemas, e de construir o amanhã”.

“Por isso, caros jovens, quero dizer-vos: o cristão é alguém que tem boa memória, que ama a história e procura conhecê-la”, disse o Papa.

Bento XVI esteve na cidade de Sulmona, nos Abruzos – região duramente atingida pelo terremoto de 6 de abril de 2009 – por ocasião do oitavo centenário do nascimento do Papa Celestino V (1209 – 1296).

Antes de retornar ao Vaticano, o Pontífice se recolheu em oração silenciosa diante das relíquias de seu antecessor, na cripta da catedral.

Nenhum comentário: